OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA

OBM

A OBM é um projeto conjunto do Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (IMPA), da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), do Ministério de Educação (MEC) por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCT-Mat).

Cada edição nacional da OBM é dividida em quatro níveis (nível 1, 2, 3 e Universitário) e em três fases (exceto o nível Universitário, que é composto de apenas 2 fases). A terceira fase é dividida em dois dias com três problemas cada (exceto o nível 1, que é apenas um dia com cinco problemas) e quatro horas e meia de duração. A pontuação total da OBM é a soma das pontuações das três fases.

Links

Revista Eureka!

São publicados na revista EUREKA! artigos relevantes na preparação dos estudantes para a Olimpíada Brasileira de Matemática em seus diversos níveis e para várias olimpíadas de caráter internacional das quais o Brasil participa.
Como a grande maioria dos tópicos e técnicas explorados nas olimpíadas não existem publicações expositórias adequadas em língua portuguesa,  o objetivo inicial da revista é abordá-los todos em artigos auto-suficientes.

A Semana Olímpica

A Semana Olímpica é uma atividade que vem sendo realizada desde 1998, destinada a reunir os alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática, estes alunos participam de um treinamento intensivo junto a uma equipe de professores de diversas partes do país, cuja finalidade é dar início ao processo de seleção das equipes que irão representar o Brasil nas diversas competições internacionais de Matemática.

O encontro, que já se tornou tradicional, ocorre todo ano sempre em diferentes cidades do Brasil. Durante o evento, os alunos participam de aulas avançadas de matemática, ministradas por uma equipe de professores selecionados por todo o país. Além das aulas, há palestras que apresentam outras olimpíadas para os estudantes, entre elas a Olimpíada de Matemática do Cone Sul, Ibero-americana de Matemática (OIM), Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) e a Competição Internacional de Matemática para Estudantes Universitários (IMC), o que acaba motivando os alunos a participarem do processo de seleção internacional.

Durante a Semana Olímpica além do treinamento os estudantes têm a oportunidade de conquistar novas amizades, iniciando um relacionamento extremamente proveitoso com outros jovens da mesma faixa de idade e com interesses semelhantes.

fonte: noic.com.br